Como aproveitar o crescimento do vídeo

Como aproveitar o crescimento do vídeo

Não há como negar que o crescimento do vídeo em estratégias de marketing digital acontece agora.

Afinal, os números estão aí para provar: 81% das empresas já utilizam esse formato em suas ações online, segundo a pesquisa State of Video de 2017.

E não é à toa que 99% delas pretendem continuar com a produção de conteúdo audiovisual nos anos seguintes.

Se você quer saber como aproveitar essa oportunidade e extrair todo o potencial proporcionado pelo crescimento do vídeo na web, continue a leitura! Neste texto serão reveladas algumas das principais dicas para tal!

Pesquisas indicam o crescimento do consumo de vídeo

Se você ainda duvida do poder do vídeo marketing nos dias de hoje, talvez os dados a seguir possam convencê-lo do contrário.

De acordo com a mesma pesquisa citada no início do texto, os usuários assistem a 1.5 horas de vídeo por dia. E 15% deles assistem mais de 3 horas diárias. Surpreendente, não é mesmo?

Mais: 81% são convencidas a comprar um produto ou contratar um serviço depois de assistirem a um vídeo. E 85% de toda a população da blogosfera gostaria de ter mais acesso a esse formato em 2018.

Outro estudo da WordStream, de 2018, mostra que 46% das pessoas realizam uma ação depois de consumir um vídeo. Já uma pesquisa da Forbes, de 2017, mostra que 90% dos usuários dizem que o conteúdo em vídeo auxilia na decisão de compra.

Com essas informações em mãos, fica difícil negar a importância da estratégia em suas ações de marketing.

Como aproveitar esse momento

Se você se impressionou com as informações descritas no tópico anterior e deseja adentrar o mundo dos vídeos, saiba que não é o único.

A seguir, saiba como surfar na onda do crescimento do vídeo e gerar novas oportunidades de negócios para a sua empresa.

Como aproveitar o crescimento do vídeo

Personas são personagens fictícios criados para representar os diferentes tipos de usuário. Designed by rawpixel.com on Freepik

Adapte à sua audiência

Lembre-se de adequar o tom de voz, o formato e o tipo do vídeo à sua persona.

A duração também é importante. Considere vídeos mais curtos se ela se relaciona com a marca pelos dispositivos móveis, por exemplo.

Caso o objetivo seja educar o mercado, vale a pena criar vídeos mais longos, já que geralmente são consumidos em conexões Wi-Fi.

Utilize calls to action

Vídeos são o encaixe perfeito para estratégias de inbound marketing e funil de vendas. Nesse caso, leve em consideração os objetivos da peça e insira chamadas para a ação propícias.

Você pode ter como objetivo gerar leads, aumentar o número de seguidores em redes sociais, levar o usuário a landing pages ou simplesmente vender.

E pense bem: a estrutura do conteúdo deve fazer sentido para levar o espectador à próxima etapa do funil.

Adeque os vídeos ao canal

Atualmente existem diversas plataformas que aceitam o formato de vídeos. Facebook, Instagram, YouTube, Vimeo… Isso sem contar nos canais que você pode divulgá-los, como site, blog ou e-mail.

Sendo assim, crie vídeos diferentes ou tente adequá-los de acordo com o canal que está sendo divulgado, pois a audiência apresenta comportamentos diferentes em cada um deles.

E por falar nisso, que tal se inscrever em nosso canal no YouTube? Nele você verá muitas outras dicas sobre o universo do marketing digital!

Você também pode se interessar por estes posts