Métricas de vaidade: veja com quais delas você não deve se preocupar

Um assunto importante e que merece ser discutido devido à sua insignificância no que se refere à mensuração dos resultados no marketing digital, as métricas de vaidade podem se tornar um perigo por não revelarem um cenário verdadeiro.

Nesse ambiente, essa é uma discussão que costuma causar um certo barulho, até porque, enquanto há quem ainda pense que todos os números devem ser acompanhados, muitos já sabem que o monitoramento de alguns deles não faz sentido algum.

E foi pensando justamente nisso que preparamos este artigo. Aqui, vamos apresentar quais são as métricas com que você não deve se preocupar. Continue a leitura e confira!

O que são as métricas de vaidade?

De forma clara e objetiva, as métricas de vaidade são aquelas que não contribuem para a geração de oportunidades de negócio, servindo apenas para inflar o ego. Essa é a razão pela qual elas são chamadas dessa maneira.

Em outras palavras, pode-se considerá-las como todas as informações coletadas pelo marketing digital que não colaboram para as tomadas de decisão. Simples assim.

No entanto, isso não significa que elas devem ser ignoradas; pelo contrário, é interessante observá-las, mas lembrando-se de que não servirão para a elaboração das estratégias.

Quais são as métricas de vaidade?

Embora elas tenham o seu valor, vale ressaltar que, na maioria dos casos, as métricas de vaidade não lhe ajudarão a otimizar os trabalhos, especialmente quando analisadas de modo isolado.

Dito isso, veja a seguir os exemplos mais clássicos:

Visualizações de página

Milhares de pessoas podem ter visualizado a sua página, mas quantas dessas executaram a ação que você estava propondo? Pois então, esse é um dado que não consegue ser relevante, já que será preciso ir um pouco mais além se você realmente quiser descobrir se as suas estratégias então dando certo.

Para contextualizar, um site pode ter 50.000 visualizações e apenas 1.000 visitantes, ou 50.000 visualizações de 50.000 visitantes. Aqui, a diferença seria imensa, exigindo atitudes diferentes.

Número de seguidores

Outra métrica de vaidade é o número de seguidores nas redes sociais. É claro que, quanto maior ele for, melhor, porém, a quantidade de pessoas que o acompanham nesses canais em nada se relacionará com o sucesso da sua empresa.

Curtidas nas redes sociais

O mesmo ocorre com as curtidas, sejam os likes no Facebook e no Instagram ou os coraçõezinhos no Twitter, todos eles serão meros acontecimentos nas suas postagens.


Basear-se nesse tipo de informação não será o suficiente para tomar uma decisão. Para muitos, essa é a principal e a mais perigosa de todas as métricas de vaidade.

Além dessas, podem ser consideradas também:

  • a taxa de cliques;
  • a taxa de rejeição;
  • o número de compartilhamentos;
  • a quantidade de downloads dos apps.

Enfim, como podemos perceber, é preciso ter cuidado com as métricas que você acompanha. Ao definir quais delas monitorar, procure analisar a importância para o real crescimento do negócio: essa é a única maneira de se apoiar em dados efetivos e que de fato auxiliam nas tomadas de decisões.

O que achou deste artigo? Gostou? Então, compartilhe em suas redes sociais para que os seus amigos também leiam!

 

 

Você também pode se interessar por estes posts