6 Materiais ricos matadores para aumentar sua conversão

Os materiais ricos são um dos pontos mais importantes de qualquer estratégia bem sucedida de Inbound Marketing.

Além de contribuírem com a atração e conversão de leads, ajudam a criar e fortalecer a imagem da empresa perante seu público.

E tudo isso é feito usando de muito conteúdo – que deve ser entregue sempre com qualidade de primeira.

No entanto, muitas estratégias se limitam a utilizar uma, ou duas possibilidades de ofertar material rico ao seu público.

Assim, decidimos apresentar aqui os 6 principais materiais ricos, que vão fazer suas taxas de conversão serem alavancadas às alturas.

Está curioso em saber quais são? Então vem conferir conosco!

O que são Materiais Ricos?

Os materiais ricos são formas de gerar leads para seu negócio por meio de uma troca: enquanto você oferece um conteúdo completo sobre determinado assunto, o espectador lhe fornece seus dados para contato.

Em etapas futuras, esses contatos serão utilizados em estratégias e momentos diferentes, de acordo com seu planejamento para marketing e vendas.

Porém, é muito simples dizer que materiais ricos são apenas esse tipo de iscas.

Na verdade, esse tipo de conteúdo cumpre uma função muito maior do que apenas isso: é um método que ajuda a construir no cliente uma nova visão sobre determinado assunto.

De maneira mais clara: materiais ricos tem por objetivo informar o seu visitante.

Dessa forma, mais do que lhe enxergar como alguém que só procura vender um produto, esse potencial cliente vai ver em você alguém preocupado em criar consciência sobre determinado tema.

Distribuídos de maneira gratuita, esses materiais costumam ser disponibilizados para os visitantes após um cadastro prévio em uma landing page.

No entanto, quais são as melhores opções de materiais ricos para quem deseja aumentar o número de conversões de seu negócio?

6 Materiais Ricos que vão te garantir uma grande conversão de leads

Tradicionalmente, os e-bookssão um dos materiais ricos mais utilizados e disponibilizados virtualmente.

Além de serem uma forma clássica de oferecer um bom conhecimento sobre determinado assunto, são relativamente simples de se produzir, e geram bom retorno para quem o disponibilizou.

Permite que seja demonstrado para os leitores bom conhecimento e expertise em determinada área de atuação.

No entanto, houve uma saturação no mercado, e por conta disso, muito material oferecido acabou deixando a desejar na qualidade.

Assim, parte dos consumidores tem gerado uma certa repulsa à esse tipo específico de material rico, que tornou-se um pouco ultrapassado até.

Dessa forma, vamos tratar de outras maneiras de fornecer conhecimento e conteúdo para seus espectadores.

Amostras Grátis

Um dos materiais ricos que proporciona a melhor experiência para o consumidor, e uma das melhores taxas de conversão para o empreendedor, é o uso de amostras grátis.

Essa estratégia serve muito bem para apresentar seu produto ao público, além de funcionar como excelente meio de divulgação.

Também atua influenciando diretamente no processo de compra, uma vez que conhecer o produto na prática, dá ao consumidor ideia exata do que vai levar para casa, ou não.

E não pense você que investir em amostras grátis é “aumentar os gastos”: esse valor, com certeza, será revertido em forma de leads, o que, consequentemente, vai se voltar como lucro.

Quando se trata de empresas que oferecem serviços , é normal oferecer períodos gratuitos de teste sobre determinado software ou solução oferecida.

Nunca se esqueça de tomar todos os cuidados para que essa tática não se volte contra você, informando corretamente quais são as amostras, quando serão enviadas, quem terá direito à elas, por quanto tempo serão distribuídas, etc.

Infográficos

O uso de infográficos também é bem tradicional no que diz respeito aos materiais ricos.

No entanto, ainda não foi tão super utilizado como o e-book.

Tem como vantagem o fato de que o cérebro humano processa até 60 mil vezes mais rápido imagens do que texto.

Por sem bem didático, deve procurar cativar o leitor por meio de um design atrativo e dados relevantes, que tornem o conjunto da obra bem intuitivo e fácil de entender.

Pela forma como é disponibilizado, tem boas chances de ser bem compartilhado virtualmente.

Por isso tudo, a demanda por este tipo de material tem aumentado cada vez mais.

Isto é, se conseguir agradar e cair no gosto popular.

Webinar

Uma forma de oferecer conteúdo que se moldou às necessidades que as pessoas têm demonstrado é o webinar.

São aulas, cursos ou palestras oferecidas de maneira online, que tem uma duração mais curta do que cursos tradicionais.

Dessa forma, se tornam mais atrativos para todos aqueles que se queixam por falta de tempo disponível.

Assim, o conteúdo é apresentado de maneira mais condensada e objetiva – o que não quer dizer que seja menos completo ou interessante, de forma alguma.

Além de eliminarem a necessidade de deslocamento, os webinars também trazem mais proximidade com o público alvo, por conta do engajamento.

Quiz

Este formato permite que o engajamento com leads seja bem alto.

É relativamente simples de ser produzido, e pode agregar bastante conteúdo, além de se tornar uma experiência divertida.

Assim, compartilhar seus resultados pode fazer com que seu conteúdo viralize.

Portanto, tenha em mente um conteúdo de fácil assimilação na hora de produzir este material rico.

Vídeos

Diferente do webinar, quando falamos no uso de vídeos, vamos para muito além de uma sala de aula.

Este recurso permite que seu conteúdo seja apresentado de maneira muito versátil para o público final.

Estimativas indicam que em breve, cerca de 80% de todo o tráfego da internet se dará por conta de vídeos.

Outro dado que aponta a crescente preferência dos usuários por vídeosfoi o YouTube ter sido a rede social favorita dos usuários brasileirosem 2018.

Assim, vale a pena investir em uma estrutura adequada para dar a qualidade necessária à sua produção audiovisual: desde a captação de imagens, até a edição final.

Podcast

O podcast é uma forma relativamente nova de se fazer algo antigo: basicamente, podemos dizer que se tratam de programas de rádio, adaptados para o formato da internet.

Assim, programas sobre os mais diversos temas são gravados e disponibilizados para serem consumidos a qualquer tempo, e em diversos dispositivos.

Com um nome que deriva do termo inglês podcasting, foi batizado assim por ser um programa que permite ao usuário realizar a assinatura, e receber o conteúdo assim que disponível.

E esse mercado têm se fortalecido cada vez mais no Brasil: cerca de 40% dos usuários de internet do país já ouviram algum podcast.

Além de tudo, não há muitas exigências para a produção de um podcast: bastam um bom microfone, uma pauta completa e programas para edição.

Levando em consideração o público-alvo, o conteúdo é produzido e pode ser disponibilizado inclusive em aplicativos de streaming musical, como Deezer e Spotify.

Como produzir material rico de qualidade

No entanto, mesmo conhecendo todas essas opções de materiais ricos, simplesmente disponibilizá-los não é o suficiente.

Você precisa ofertar um conteúdo verdadeiramente relevante para o seu público final.

Assim, existem algumas dicas simples que você pode incorporar ao seu processo, para que o formato escolhido lhe dê o retorno esperado.

Antes de tudo, procure ser uma autoridade sobre o que pretende ensinar.

Dessa forma, fica mais fácil imaginar o seguinte: só fale sobre assuntos dos quais você tem domínio.

Além de transmitir credibilidade, você não cai em armadilhas como transmitir conteúdos errados, não conseguir sanar dúvidas de leitores etc.

Dessa forma, produza conteúdos baseados em muita pesquisa.

Procure mostrar o que outros não mostraram, e para isso, se baseie sempre em dados – verdadeiros e confiáveis.

Tudo isso fica mais fácil quando você já conhece seu público e entende quais são seus anseios e desejos.

Além disso, também é mais fácil compreender qual (ou quais) dos materiais pode lhe render melhores resultados.

Organize seu material de pesquisa, nunca se esquecendo de incluir algum CTA que envolva a sua empresa.

Depois, claro, não se esqueça de dar a devida atenção à distribuiçãodesse material.

Faça uma boa divulgação, para que ele alcance o público ao qual se destina.

Assim, você tem de tudo para conseguir alavancar suas conversões.