anúncio no facebook

8 passos para criar anúncios no Facebook

O Facebook se tornou uma das ferramentas mais interessantes para empresas que desejam atrair mais clientes por meio das redes sociais. De alguns anos para cá, o alcance de publicações orgânicas (que não tem nenhum tipo de investimento financeiro) caiu bastante, e os anúncios se tornaram a opção mais efetiva para construir uma comunidade de seguidores e conquistar mais clientes.

Para te ajudar nesse processo, listamos 8 passos para criar anúncios no Facebook que você precisa conhecer. Preparado? Vamos lá!

1. Crie uma fan page para o seu negócio

Tudo começa com uma fan page. A página do seu negócio é a responsável por “assinar” os anúncios. Sem uma, não é possível criar campanhas! Para montar uma nova página é bem simples: você pode criar uma a partir do seu perfil pessoal, ou cadastrar uma nova sem fazer o login no seu perfil pessoal. É possível escolher a categoria que mais se adéqua ao seu negócio, como uma empresa, instituição, marca, produto, artista e outros.

2. Complete as informações sobre a sua empresa

Para começar com o pé direito, preencha todas as informações sobre o seu negócio dentro da página. É possível inserir endereço, telefone, horário de funcionamento, faixa de preço e até um pequeno histórico sobre a sua empresa. Assim, sempre que um visitante interagir com um anúncio e visitar sua fan page, ele terá todas as informações necessárias para entrar em contato.

3. Defina o objetivo da sua campanha

O Facebook Ads pode ter vários objetivos. Você pode criar campanhas para conseguir mais curtidas para a sua página, mais visitas no seu site e até gerar leads! Para criar bons anúncios é preciso ter em mente o que você espera deles. Ter “cliques no site” é o objetivo mais comuns dos anúncios, assim, você pode direcionar os seus seguidores exatamente para o conteúdo que você quer que eles vejam e interajam.

O objetivo “selecionar” na campanha deve ser complementar a um que você tenha para o seu negócio. Por exemplo: se você deseja criar um anúncio para vender mais presentes para o dia dos namorados, crie uma página específica para essa oferta e coloque-a como o destino de quem clicar no anúncio. Assim, dentro do Facebook o seu objetivo será de cliques no site e os visitantes irão para uma página de produtos que é do interesse dos dois lados.

4. Crie a campanha

Agora, mãos à obra! Você pode criar anúncios de duas formas: impulsionando uma publicação ou por meio do Power Editor, indicado para criar anúncios mais completos. Lá é possível estruturar melhor a sua campanha e otimizar o retorno sobre o investimento que você vai fazer no Facebook Ads. Ao criar sua campanha, é preciso escolher o objetivo que você definiu no passo anterior. Você também criará um conjunto de anúncios ou um novo anúncio.

5. Segmente o seu público

O conjunto de anúncios no Facebook ajuda a organizar as suas campanhas. Você pode experimentar diferentes públicos, estilos de anúncio (foto, vídeo, textos) e otimizar os gastos. Para começar, defina qual será o seu orçamento. É possível configurar gastos diários ou vitalício. Gastos diários ajudam a ter um controle melhor sobre quanto você está investindo com o passar dos dias, mas o vitalício é melhor distribuído, pois tem a duração de toda a sua campanha. Vamos supor que você quer anunciar por 30 dias e tem R$ 500,00 de orçamento para esses anúncios. O algoritmo do Facebook vai otimizar os gastos para alcançar o público desejado com o melhor gasto diário. Se você optar por investir R$ 10 desses mesmos R$ 500 por dia, você não vai atingir o seu público com a efetividade esperada.

O conjunto de anúncios também é a hora em que você determina o seu público. A segmentação é uma parte muito importante do marketing digital como um todo, e o Facebook fornece ferramentas muito interessantes para isso. É possível separar a sua audiência por idade, localização, interesses, se curtiram ou não uma página que você administra e mais algumas opções bem legais. Procure conhecer o melhor possível o seu público-alvo e segmentá-lo bem. Uma dica valiosa: não seja nem amplo e nem fechado demais; procure cobrir todos os perfis de possíveis clientes da sua empresa.

6. Configure o seu novo anúncio

Na hora de configurar o anúncio, o importante é montar um “criativo”. Essa é a parte de texto e imagens do anúncio, e é essa informação que vai atrair os cliques e levar as pessoas até a sua página de destino (ou incentivá-las a curtir sua página, se tornar uma lead etc.). O criativo pode ser o sucesso ou o caixão da sua campanha! Procure criar textos atrativos, que sejam simples e diretos. A grande maioria das pessoas não clica no “Ver mais” de publicações muito grandes, por isso, termine antes disso!

Imagens e vídeos são indispensáveis. Além disso, o Facebook adora esse tipo de conteúdo e pontua melhor esses anúncios, de acordo com alguns pontos que eles analisam. Crie imagens com bons layouts, que sejam relevantes para o anúncio e que não tenham mais do que 20% de texto nelas. Quanto aos vídeos, são permitidos os de até 120 minutos.

7. Monitore o desempenho

O acompanhamento e monitoramento é uma parte importante da sua campanha. O próprio Facebook oferece diversos indicadores de performance por meio do Gerenciador de Anúncios. É possível acompanhar a interação do público, quais anúncios ou conjuntos de anúncios performam melhor, qual meio de exibição tem o melhor rendimento (Instagram, Feed de Notícias, Mobile) e como está a pontuação do seu anúncio de acordo com as diretrizes do Facebook.

8. Otimize os anúncios no Facebook

O monitoramento precisa ser colocado em prática, por isso, otimize os seus anúncios no Facebook! Melhore a segmentação, direcione para os feeds que performam melhor e assim por diante. Só lembre que, ao alterar qualquer aspecto do criativo, as curtidas, compartilhamentos e comentários do anúncio são zerados!

O Facebook Ads é uma ferramenta muito interessante para empresas que querem usar a rede social para vender mais e conquistar mais clientes. Muitas vezes pode ser bem trabalhoso gerenciar uma campanha de sucesso, por isso, contar com uma agência parceira especializada é uma opção que você deve considerar. Falando nisso, que tal fazer uma avaliação gratuita do Marketing Digital da sua empresa? Vamos bater um papo!

Você também pode se interessar por estes posts