Benchmarking: como podemos avaliar os concorrentes da sua empresa

Dizemos que benchmarking é a busca pelas melhores práticas e processos existentes no mercado e que possam ajudá-lo a desenvolver seu próprio negócio. Dessa maneira, o principal objetivo é otimizar o desempenho da empresa a partir da comparação e adaptação daquilo que já é realizado.

Outros benefícios são a inovação, o acompanhamento das principais tendências e a possibilidade de adaptação às mudanças do setor. Tudo isso ajudará seu negócio a aumentar as conversões e a confiança dos usuários em sua marca.

Neste post, você verá quais são os tipos de benchmarking existentes e boas dicas para colocar sua estratégia em ação. Boa leitura!

Conheça os tipos de benchmarking

Há diversas formas de comparar os serviços ou práticas. Veja agora quais são!

Interno

É aplicado em instituições que possuem várias unidades ou departamentos que possam ser comparados. No caso de pequenas empresas, esse método pode não ser viável, visto que não há muitas opções para comparação.

De processos

Nesse caso, processos similares que ocorrem em empresas diferentes são comparados. Vale ressaltar que mesmo os produtos e serviços devem ser distintos.

Dessa maneira, uma empresa pode comparar seus processos de venda de bicicletas on-line com os de outra empresa que vende eletrônicos. O importante, aqui, é verificar como eles são feitos e geridos.

Genérico

Esse tipo de benchmarking avalia aspectos mais amplos, como a tecnologia utilizada. Sendo assim, o foco está em entender como as empresas utilizam suas tecnologias e quais são os resultados obtidos, independentemente de atuarem no mesmo mercado.

Competitivo

Esse é o método mais utilizado e consiste na comparação dos processos de uma empresa com os de seus principais competidores de desempenho superior, seja na área como um todo ou em um processo específico.

Veja 4 formas para colocar sua estratégia em ação

Depois de entender as formas existentes para fazer as comparações, veja quatro dicas úteis para executá-las.

1. Compare práticas

Como vimos, você pode comparar as práticas de departamentos da sua própria empresa ou de organizações que possuam o mesmo perfil empresarial.

Contudo, elas não precisam ser do mesmo mercado ou ser seu concorrente direto. Para fazer uma escolha acertada, você precisa definir seu propósito com o benchmarking e qual é a referência a ser seguida.

2. Analise uma empresa ou setor de cada vez

Uma ação que pode ajudá-lo é analisar uma empresa por vez. Dessa maneira, você verá em mais detalhes como funcionam os processos das companhias pesquisadas. Para isso, escolha as organizações que tenham similaridades com seu negócio, seja na estrutura de funcionamento ou nos objetivos traçados.

3. Determine o que será analisado

Diversos KPIs são úteis para que você chegue às conclusões desejadas. Para escolher o melhor para sua estratégia, considere:

  • as estratégias de sua empresa;
  • as medidas de qualidade ou financeiras;
  • as métricas que sejam mais simples de serem analisadas e que possam ensiná-lo, em vez de simplesmente monitorar.

4. Crie um plano de ação

O principal objetivo das comparações é melhorar os processos da empresa. Por isso, você deve criar um plano de ação para implementar cada melhoria identificada. Lembre-se de que você investiu tempo e dinheiro para fazer os estudos necessários.

Entenda como uma agência especializada pode ajudá-lo

As agências podem auxiliá-lo a conhecer melhor seus concorrentes e traçar boas estratégias para superá-los. Elas mostram o que deve ser comparado e como você poderá colocar as mudanças em ação. Dessa maneira, sua empresa terá suporte em todo o processo.

Mais do que isso, elas têm a expertise necessária para utilizar as principais ferramentas de benchmarking do mercado, como SEMrushSimilar Web e KeywordSpy. Assim, seus resultados serão pautados em dados objetivos e não em mera especulação.

O benchmarking é essencial para que você tenha novas ideias e possa otimizar tanto os processos quanto seus serviços. Para tanto, planeje quais serão os setores e empresas pesquisadas e as ferramentas que serão utilizadas. Dessa maneira, você melhorará a imagem da empresa e atrairá mais clientes.

Para sair na frente da concorrência, entenda como fazer benchmarking em redes sociais. Esperamos você!

Você também pode se interessar por estes posts